Coronel Telhada - HQ com Estilo Mangá Chega às Bancas!


22/06/14 - Chega às bancas de todo país a partir do dia 27 de junho, a HQ “Coronel Telhada” que apresenta a arte do desenhista brasileiro Carlos Sneak, que consegue com maestria unir os estilos americano e japonês de desenho. Sneak foi o responsável pela arte de “Rapsódia”, publicada na finada Ação Magazine e foi responsável por inúmeras capas da  




revista Neo Tokyo. Segue um release do lançamento, e uma prévia da qualidade do material – que dependendo da repercussão, pode passar a ter uma regularidade e dar espaço para novos talentos brasileiros.



“Coronel Telhada” busca atingir um público-alvo que não possui uma revista em quadrinhos do gênero policial 100% brasileira nas bancas. Com o sucesso do personagem Capitão Nascimento nos cinemas, foi comprovado que existem fãs da Policia Militar que desejam consumir produtos culturais ligados a um herói nacional, que combata o crime nos rigores da lei.



A revista é desenhada com um traço que lembra tanto o mangá japonês, quanto os comics americanos. A história foi revisada por Policiais Militares, o que garante frases criveis e diálogos que remetem a realidade das ruas. Com acabamento de qualidade (não é papel jornal!), a revista é totalmente colorida e possui 36 páginas. 


As histórias são todas baseadas em fatos reais e estreladas pelo Coronel Telhada, o mais famoso comandante que a ROTA já teve. Telhada foi consultor da produtora Medialand em programas de TV de sucesso como “Operação de Risco”, onde foi o protagonista de diversas histórias (episódios) reprisados até hoje na TV paga.  Telhada é o autor de dois livros, o segundo “Quartel da Luz – Mansão da ROTA”  campeão de vendas que conta a história do Batalhão Tobias de Aguiar. 

Só para vocês terem ideia da popularidade do Coronel, a comunidade do policial no Facebook conta com mais de 175 mil seguidores!

Via release. 

Fonte: JBox - Anime

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra