20 março 2014

Haddad muda a estratégia e já volta a usar força policial na Cracolândia A prefeitura alega que esta etapa do trabalho estava prevista desde o início, mesmo que isso contrarie falas do próprio prefeito há dois meses

20/03/14 - Encaminhado por Marcelo de Azevedo: Em janeiro deste ano, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, anunciou o lançamento de um programa para tirar os dependentes de crack da Cracolândia, alegando que seu governo encarava a questão como um problema de saúde que não poderia ser resolvido por meio da violência.

Denominado Operação Braços Abertos, o programa previa dar casa, comida e emprego aos usuários da drogaAgora, no entanto, Haddad parece ter mudado de estratégia. Segundo matéria da Folha, a prefeitura decidiu endurecer a ação da Guarda Civil Metropilitana na região da cracolândia, afirmando que já era uma medida prevista.
“A segurança é um dos tripés do programa. Se você abrir mão do combate ao tráfico, há comprometimento do programa”, disse Roberto Porto, secretário de Segurança Urbana de Haddad.
VEJA AINDA:
Embora, em janeiro, o prefeito tenha chamado de “lamentável” uma ação policial que findou em confronto com os viciados, agora ele ordenou que a Guarda seja mais ostensiva na região.
“Faremos uma mudança de postura, estaremos mais presentes, ocupando mais as ruas e vias”, disse Porto, ressalvando que a utilização “de bombas de gás está terminantemente proibida”.
Cerca de 40% dos usuários cadastrados – 158 dos 400 iniciais -  já abandonaram a Operação Braços Abertos. No dia seguinte à matéria da Folha, o jornal publicou nota da prefeitura informando que “329 dependentes de drogas da região iniciaram tratamento de desintoxicação, dado omitido da reportagem e necessário para a compreensão da informação relativa à desistência de 132 pessoas (34%) do cadastro inicial de 386″. De certa forma, isso evidencia algo que o Programa Recomeço, lançado por Geraldo Alckmin, prega como essencial: sem tratar o vício, os dependentes não conseguirão uma nova oportunidade de vida.
Criado há um ano, o Recomeço recentemente reforçou a recuperação dos dependentes com ofertas de trabalho. O programa, além de capacitação profissional, prevê vagas de emprego a quem aderir ao tratamento. Segundo Alckmin, desde seu lançamento, já foram mais de 3 mil pacientes internados e 10.246 acolhimentos.
Fonte: Implicante

Compartilhe pelo seu Whatsapp e colabore conosco (Clique AQUI)
image

O Cão De Guarda Notícias

Autor e Editor

Dennis Guerra Contato Whatsapp 11 95580-1702

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

biz.