06 janeiro 2014

Prefeito Suspende Lei Sobre Atividade Delegada em Catanduva - SP

06/01/14 - Encaminhado por  Marcelo de Azevedo: O prefeito Geraldo Vinholi, por meio de decreto municipal, suspendeu definitivamente a Lei Ordinária 5.255, de 18 de março de 2011, que trata sobre a autorização ao município em instituir a Atividade Delegada, criando uma gratificação por desempenho aos policiais civis e militares.

No decreto, Vinholi afirma que “considerando que o Poder Executivo ingressou com Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) e o magistrado José Damião Pinheiro Machado Cogan expediu o acórdão julgando inconstitucional decreto a suspensão em definitivo a eficácia da lei”.

Lei foi suspensa depois de Tribunal de Justiça considerar inconstitucional


Ainda conforme o decreto fica, em virtude da determinação do documento, proibida a aplicação da lei por qualquer órgão da administração Direta ou indireta.
A lei, de autoria do vereador Luís Pereira, estava suspensa liminarmente.
No texto eram especificadas as porcentagens de gratificação que poderiam ser pagos aos policiais civis e militares e guardas civis municipais. “A gratificação será calculada sobre o valor da referência dos salários, constante do Quadro dos Profissionais da Administração Pública Municipal, nos seguintes percentuais: até 100% aplicável ao Coronel, Tenente-Coronel, Major, Capitão, Tenente, Delegado de Polícia,Comandante da Guarda Civil, Subcomandante da Guarda Civil, Corregedor da Guarda Civil, Inspetor da Guarda Civil e Classe Distinta da Guarda Civil; até 75% aplicável ao Subtenente, Sargento, Cabo, Soldado, Policial Civil que não seja Delegado de Polícia, e Guardas Civis”.
Ainda no texto da lei suspensa consta que: “O valor da gratificação por desempenho de Atividade Delegada seria fixado pelo Executivo, mediante decreto. De acordo com a natureza e a complexidade das atividades objeto de cada convênio. Respeitadas as disponibilidades orçamentárias e financeiras verificadas”.
Publicado originalmente em 26/06/2013 - Karla Konda - Da Reportagem Local

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.