09 dezembro 2013

Mais um GCM é assassinado em São Paulo - O ano de 2013 entrará para a História (A notícia se espalha entre os comerciantes e moradores da região central de São Paulo)?

09/12/13 Você Repórter - Dennis Guerra: Segundo as primeiras informações, o guarda civil metropolitano Luciano - ex-integrante do IOPE e atualmente lotado na Inspetoria Regional do Bom Retiro - foi assassinado no caminho para o trabalho. 



A princípio, o foco dos bandidos seria a motocicleta, que deixaram para trás após a execução. Porém, levaram a arma que estava com o policial. Aparentemente, nunca ocorreram tantas ocorrências desse tipo envolvendo guardas municipais quanto o ano de 2013. Será que ele entrará para a história?

VEJA AINDA: R7 - Morre guarda civil baleado em tentativa de assalto: Vítima foi abordada por criminosos na zona leste de São Paulo; suspeitos fugiram


Texto e foto encaminhados por e-mail pelos Senhores Erni Coutinho - Presidente da Ação Local Júlio Mesquita e  Jarim Lopes Roseira - Presidente da Ação Local Cásper Líbero II


"Meus caros amigos. Bom dia!


Hoje logo pela manhã, o amigo GCM Aloísio esteve em minha residência pra dar-nos uma notícia das mais trágicas que podemos receber. Nosso amigo, GCM LUCIANO estava vindo para o serviço na nossa Praça Júlio Mesquita, quando foi brutalmente assassinado a tiros numa tentativa de roubo de sua motocicleta recentemente comprada. Uma tragédia irreparável pra família esposa, a quem escolheu pra dividir sua vida, um filho de 11 anos e outro filho recentemente nascido. Uma perda insubstituível pra grande família azul (GCM) à qual ele escolheu pra somar esforços em prol do bem comum.


Irreparável!

Perdemos não apenas um dos mais entusiastas defensores da nossa região, frente ao avanço implacável da criminalidade e dos usuários de drogas, mas perdemos acima de tudo um amigo, um camarada, uma pessoa bacana e um ser humano de valores éticos e morais acima das expectativas.

Profissional brilhante e esmerado no desempenho de suas funções, por inúmeras vezes nos surpreendeu com ações e atitudes que transcenderam em muito suas funções precípuas de agente da segurança pública municipal, para adentrar os campos das relações humanas e comunitárias, numa perfeita simbiose com a sociedade em que estava ligado mais do que profissionalmente, mas como um verdadeiro amigo, um irmão.

Neste momento de dor, cumpre-nos o doloroso dever de apresentar às famílias enlutadas em primeiro lugar esposa e filho e também a grande família da farda azul (GCM) à quem dedicou o melhor de si, os mas sinceros votos de profundo pesar e a lembrança de que se por um lado sofremos sua partida, por outro agradecemos a Deus pelo privilégio de ter com ele convivido por esses, poucos, porem profícuos e anos.

Os heróis morrem jovens!

Tombaste no supremo dever do combate à criminalidade, em defesa da sociedade que tanto te admira. Estavas vindo pra mais um dia de serviço em nossa comunidade, portanto em pleno labor do dever funcional.

Combateste o bom combate!

Consola-nos a percepção da inexistência da morte, mas a perpetuidade da vida e a certeza de que os bons vão, todos, estar reunidos no final. Deus, seu “novo Comandante”, com certeza já tem novas “missões” pra você!

Estamos certos de que teremos doravante um grande defensor de nossas causas junto ao Comando Geral do universo. Econômico nas palavras, porem generoso nas ações em prol de seus semelhantes, certamente muito tens a ensinar aos “recrutas” da vida que o Grande Comandante prepara pra nos defender.

Seu exemplo, com certeza, vai inspirar corações e mentes.

Distraídos pelo “corre-corre” do dia a dia paulistano, nos esquecemos da brevidade de nossa passagem terrena. Luciano, grande amigo, boa viagem!

Até o dia da grande “formatura”!

Erni Coutinho


Presidente da Ação Local Júlio Mesquita


Prezado Coutinho:
Assim como você, nós da Ação Local Cásper Líbero II, também lamentamos, profundamente, a trágica morte do GCM Luciano. 
O pior é a constatação de que, enquanto as autoridades dizem tratar-se de "um caso isolado", outros "Lucianos" se vão e nós, impotentes, só temos a lamentar. Até quando vamos suportar conviver com tanta violência? O que se tem feito, de prático, para acabar (ou minimizar, diminuir) com ela: nada, lamentavavelmente nada ou muito pouco!
É mais um jovem policial que tomba em defesa da sociedade, em nossa defesa, (ainda que êle não estivesse efetivamente trabalhando, não sei) e que fica por isso mesmo. É lamentável, para não dizer revoltante.
Peço a gentileza de estender à família enlutada e aos colegas e superiores do Luciano, as nossas sentidas condolências. Que na próxima reunião da "Viva o Centro" se observe um minuto de silêncio em sua memória.
Parabéns a você pela palavras comoventes, que nos sensibilizaram.
"Estamos juntos, amigo"!
Jarim Lopes Roseira


3 comentários:

  1. Meus sinceros votos de pesar a famílçia. Que Deus o receba de braços abertos...descanse em paz guerreiro!

    ResponderExcluir
  2. Ele é meu primo, fui com meus pais até o local do crime, onde se encontravam seus parentes. A pouco tempo atrás ele veio aqui em casa e foi um dia muito agradável. Mal sabia que seria a despedida não só minha, como de uma grande parte da nossa família.
    Vi o sofrimento de sua mãe, esposa e filho. Espero que a justiça seja feita, não só com ele mas com todas as pessoas que morreram de uma forma injusta, todos aqueles de quem a vida foi tirada sem justificativa alguma. Acredito que esse é o ciclo da vida: Nascemos, vivemos e morremos. Então todo o carinho, amor, atenção, etc. que a família deveria lhe dar já foi dado, a saudade fica, mas a vida continua. Temos que saber viver bem, pois não sabemos o que acontecerá daqui a 2 minutos ou 2 anos... Saudades primo! De toda a família Nascimento (Mônica, Marcelo, Gabriely e Gustavo). E que Deus conforte sua família!

    ResponderExcluir
  3. Não há o que falar aos familiares nesse momento.. a não ser que este site fica à inteira disposição para o que precisarem.

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.