28 novembro 2013

Americano faz armas com objetos vendidos em aeroportos

28/11/13 - Encaminhado por Marcos Deda: Com produtos permitidos na área de embarque ou comprados nas lojas do terminal, o homem conseguiu fazer uma arma de fogo. Um americano descobriu que o esquema de segurança nos aeroportos pode não servir para nada. 



VEJA TAMBÉM: 22 Melhores e mais letais Forças Especiais e Comandos do Mundo

Após passar pela revista, ele conseguiu construir uma arma com produtos permitidos na área de embarque ou comprados nas lojas do próprio terminal. O estranho objeto, à primeira vista parece inofensivo, mas na verdade ele é uma arma de fogo fabricada somente com produtos que podem ser encontrados em lojas na área de emparque de qualquer aeroporto. Ou seja, depois de o passageiro ter passado pelo setor de segurança.

Entre os materiais utilizados estão um secador de cabelos, um imã de geladeira, desodorante e baterias. Uma lata de refrigerante serve como tambor e moedinhas viram munição, capaz de atravessar uma tábua de madeira.

O criador, um programador de internet do Tennessee, diz que a intenção é mostrar que itens de segurança caríssimos e invasivos podem ser inúteis para proteger passageiros.

Além da pistola ele fabricou também uma “Besta”, uma espécie de arco e flecha com gatilho, usando revistas, fio dental, canudos e a alça de uma mala comum.

A descoberta de que é possível improvisar uma pistola dentro de um aeroporto é um novo desafio para autoridades, que já vêm quebrando a cabeça para lidar com uma tecnologia que se desenvolve rapidamente: a das armas de plástico





Fonte: Estudante Direito


Compartilhe pelo seu Whatsapp e colabore conosco (Clique AQUI)
image

O Cão De Guarda Notícias

Autor e Editor

Dennis Guerra Contato Whatsapp 11 95580-1702

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Postar um comentário

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.

biz.