16 novembro 2013

A real situação do Plano de Carreira da Guarda Civil Metropolitana

16/11/13 - Por SANTANA Jornalista: Infelizmente, como eu já imaginava, o ano se passou, houveram várias reuniões das entidades que se dizem representativas dos agentes da Guarda Civil Metropolitana e nada foi resolvido e nada há de concreto para a categoria GCM que, exerce uma profissão de alto risco e atualmente é a categoria que ganha o pior salário da Prefeitura de São Paulo, esta que, é a prefeitura mais rica do país.



No segundo semestre, grande parte dos servidores municipais receberam reajustes de 40% para nível médio e 70% para o nível básico, e infelizmente os cerca de 7000 pais de família que exercem a função GCM que é um Agente da Autoridade em uma das cidades mais violentas do mundo não foram privilegiados com nenhum destes reajustes, isso pelo fato de que, a categoria Guarda Civil Metropolitana erroneamente por culpa destas mesmas categorias representativas que em 2004 participaram da elaboração do plano de carreira da GCM que foi um total fracasso e descaso para com os agentes desta valorosa Corporação policial, se esqueceram na época de enquadrar a categoria GCM no nível médio (mínimo) e de pleitear um salário descente, de acordo com o grau de risco e complexidade a qual esta função de GCM exige.

Com isso, toda a categoria, ou seja, aprox. 7000 pais de família passaram a não existir no quadro dos salários da PMSP, como pode, essas pessoas e entidades que se dizem representar estes 7000 pais de família cometerem um erro tão grotesco como este..? 

Hoje, o agente da Guarda Civil Metropolitana 3° classe (nível inicial) ganha menos que o piso mínimo da própria PMSP..e para que se alcance o piso mínimo os mesmos estão recebendo um abono, é um absurdo..um total descaso e desrespeito para com a categoria e para com estes pais de família.

VEJA AINDA: 


A categoria precisa acordar e dar um basta nestas entidades que só vivem de RETÓRICA, reuniões, projetos incoerentes e medo de realmente bater de frente com quem de direito e brigar de verdade por soluções concretas que realmente resolvam a questão do péssimo salário, descaso e da falta de incentivos que toda esta corporação vive atualmente.

Prova desta incoerência é este tal projeto nos moldes da operação delegada para que os Agentes da Guarda Civil Metropolitana façam bico para a própria prefeitura nos dias de folga. Engraçado é que segundo o que foi passado na reunião com o Sr. Prefeito, o mesmo informou que não há recursos para reajuste, e como que há recursos para pagar a operação delegada para o agente trabalhar em seu dia de folga..?

Diante dos péssimos salários da Guarda Civil Metropolitana, grande parte dos agentes já fazem até 02 bicos para conseguirem pagar suas contas..não é de esmola que o agente desta valorosa corporação precisa.. é sim de respeito e de um salário digno, de acordo com o grau de risco e complexidade que a função exige.

Eu não vi nenhuma destas que se dizem entidades representativas da categoria GCM questionar os milhões de reais que são jogados fora com a tal operação delegada, ou seja, a prefeitura paga para um policial militar realizar a função delegada de combate ao comércio ambulante mas, que na prática não combatem nada, não apreendem nada, e em muitos locais que deveriam estar presentes grande parte se ausenta tomando destino ignorado.

Vale lembrar que, o policial militar que exerce a função delegada recebe um salário maior que o que é pago pela própria Prefeitura de São Paulo aos seus próprios agentes da GCM, que recebem aprox. R$ 1300,00 enquanto que o policial militar para trabalhar 08 horas recebe aprox. R$ 1800,00. Como pode, uma total incoerência e desrespeito para com o profissional da GCM..? Como pode, estas entidades que se dizem defensoras da categoria ficarem inertes à um absurdo como este..? 

Eu gostaria de sugerir à estas categorias que brigassem pelo fim desta operação delegada e que estes milhões de reais que são mensalmente transferidos para estes servidores estaduais fossem investidos na Guarda Civil Metropolitana e prioritariamente nos salários dos Guardas Civis Metropolitanos.

É um absurdo, a Prefeitura gastar mais com o bico para os policiais militares do que com o seu próprio policial da GCM, eu tenho certeza que, se este dinheiro da operação delegada fosse investido para reestruturar a GCM e principalmente o salário do GCM, se quisesse poderia se pagar um salário de R$ 10.000,00 para cada agente e mesmo assim sobraria dinheiro, tamanho é a quantidade de recursos públicos destinado para esta operação delegada. Na minha concepção, a Prefeitura necessita resolver os problemas dos seus próprios servidores e não de servidores estaduais, se o Estado não tem dinheiro para a Polícia Militar não é problema da Prefeitura.

Resumindo, o Sindicato e demais entidades realizaram quase 20 reuniões durante o ano e nada há de concreto, nada foi resolvido e não há nada de perspectiva de melhorias para os Agentes da Guarda Civil Metropolitana da cidade mais rica do país. 

Informo que não represento a Corporação Guarda Civil Metropolitana e nenhuma entidade de classe, realizo esta matéria como Jornalista.

SANTANA
Jornalista DRT n° 73071
www.policiamunicipaldobrasil.com


Um comentário:

  1. Concordo plenamente com a opinião do colega. Como sempre, muito se fala, se promete e no final, desilusão total.
    Já estão falando que o plano de carreira irá atrasar um pouco, ou seja, estava previsto de ser enviado a Câmara Municipal em Maio/2014 e agora, vai quando?
    Lembre-se que no ano que vem tem Copa do Mundo em Junho, se o Brasil for campeão, para tudo, até o carnaval de 2015...

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.