Não perca tempo: digite o seu e-mail na caixa abaixo e receba diariamente as publicações deste site

Abrir a Caixa de Conversa
.

05/09/2013

Ricardo Boechat chama policiais de idiotas. Coronel responde ao vivo

Ricardo Boechat
05/09/13 - É importantíssimo que a imprensa exerça o papel de fiscalizadora da ação policial: tornar públicos desmandos, arbitrariedades ou simples ineficiências pode garantir o aperfeiçoamento do serviço prestado pelas polícias. Embora ninguém goste de ver dedos apontados para os seus defeitos, quando se trata de serviço público, as críticas são

necessárias e indispensáveis. Mas há o limite da respeitabilidade, da honestidade e da veracidade. No comentário feito em relação à atuação policial militar no trânsito da capital paulista, o jornalista Ricardo Boechat parece der se excedido, chamando policiais de “idiotas”:



Neste áudio, o apresentador generaliza o adjetivo para “soldados, cabos, sargentos, tenentes, capitães, majores, coronéis”:
Momentos depois, um Coronel da PMESP entra no ar para explicar a situação e criticar a postura do jornalista:
Por fim, jornalistas continuam tratando do assunto, criticando (desta vez sem adjetivos) a ação da PM:
Independentemente da necessidade da ação desencadeada pelos policiais, o tratamento dado pelo jornalista não foi adequado.

PS: O Comando Geral da PMESP divulgou na sua Intranet que “está adotando medidas judiciais sobre o caso”.


Autor:  - Tenente da Polícia Militar da Bahia, associado ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública e graduando em Filosofia pela UEFS-BA. | Contato: abordagempolicial@gmail.com


12 comentários:

Renata Guazzelli disse...

Eu fico impressionada com o tipo de jornalismo que temos atualmente! O foco: Existia um congestionamento. A explicação da PM/ Justificativa: havia ma necessidade de resolver uma situação que estava atrapalhando os demais na via. Opinião das população: A polícia estava executando uma ação desnecessária, atrapalhando os demais por pura vaidade. Opinião do Jornalista: A PM é um bando de idiotas! De um modo geral, em minha opinião, independente da ação da PM ser correta ou não, eles estavam fazendo o trabalho deles, antes de julgar é preciso tanto a população quanto ao jornalismo desrespeitoso e sensacionalista que temos hoje apurar os fatos!
Liberdade de expressão pra mim é expor seus pensamentos com dignidade e respeito ao próximo, assim como liberdade é diferente de libertinagem!

AFONSO disse...

Jornalista narra o fato o fato,não emite opiniões!O Jornalista sabe como veiculador de mensagem que é por natureza um formador de opinião, e isso demanda uma enorme responsabilidade. Uma pessoa que age como ele agiu, de forma leviana, arbitrária, eu diria até como ditadora, pois não dá chance aos Policiais envolvidos de se explicarem na medida que ataca, isso é considerado a maior violência que um agente público pode sofrer, pois trabalhamos para a população.Jamais direi que o Boechat é um idiota pelo que disse, apenas acho que falta inteligência para uma pessoa que esta na sua posição, que exige muita responsabilidade no dia diz!

Anônimo disse...

Mais idiota é quem usa o meio de comunicação para prestar comentários de sua própria opinião, duvido que este idiota nunca precisou do serviço policial. Isto significa magoas próprias, decepções na vida, por estar defronte uma camera televisiva se acha um Deus, mas para mim um mero IDIOTA.

Anônimo disse...

Em nenhum momento, os jornalistas voltaram atrás nas suas convicções, que na minha opinião caracterizaram um desrespeito pela instituição e pelo profissional de segurança pública. A imprensa deixou de ser ética há algum tempo e cobra postura e profissionalismo dos outros órgãos, demagoga igual certos políticos, lamentável.

Anônimo disse...

UM JORNALISTA ANCORA DE UM JORNAL NO SECULO 21, QUE PRECISA DE TRADUTOR PARA LINGUA INGLESA, CHAMA OUTRAS PESSOA DE IDIOTA?????
VAI SE QUALIFICAR PARA A FUNÇÃO PRIMEIRO.

Anônimo disse...

JORNALISTA QUE NÃO DOMINA A LINGUA INGLESA, CHAMAR OUTROS DE IDIOTA, HA VA SE QUALIFICAR PRIMEIRO ANTES DE SE ACHAR DONO DA VERDADE.

Anônimo disse...

lastimável a postura de uma pessoa como esta, não quero mais ter a programação da Band em minha residência, enquanto estiver tal ser falando com despreparo que demonstrou!

Anônimo disse...

falta de respeito do jornalista, que vergonha !

dario disse...

O Ricardo Boechat além de ignorante é despreparado para a função. A expressão de direito é livre porém com todo o respeito ao próximo. Parece que ele desconhece. A Band deveria sim fazer ele e o Boris Casoy passarem por uma reciclagem de conduta no profissionalismo.Alis Boechat nos dias de hoje qualquer profissional que exerça a sua profissão no minimo tem faculdade e acima de tudo é poliglota. Vai estudar pois vc é do tempo em que conseguia emprego no laço. Idiota

Anônimo disse...

Descobri por acaso este blog (CÃO DE GUARDA). Fiquei completamente abobado de ver um espaço totalmente dedicado a proteção das mazelas da policia militar. Não tenho nada contra a policia militar do Rio de Janeiro, mais quando li os comentários de anônimos, não tive mais duvidas, O CÃO DE GUARDA é de propriedade de um policial militar ou similar. a policia militar do Rio é cheia de erros, erros grosseiros. Você já ouviu falar em banda podre certo... mais o maior problema não é a banda podre e sim a outra banda, a banda boa... porque? simples, se o policial que faz seu trabalho dentro do que de mais correto, obviamente ele já se deparou com outros policial sujo, então porque ele não faz nada ? sabe porque... porque este policial desconhece o tamanho da banda podre, ele não sabe quem esta envolvido, o seu comandante pode esta liderando a podridão, então ele fica calado, sem poder fazer nada... ele se torna um policial inoperante dentro de sua corporação, quanto ao jornalista Ricardo Boechat, eu concordo em tudo que ele fala contra a policia militar do Rio de Janeiro. A policial historicamente nunca esteve preparada de fato para trabalhar armado, a policia trata todo cidadão como se fosse bandido, e isso ninguém pode negar, certo. O policial se acha acima do cidadão. Voltando a falar do Ricardo Boechart, ele não domina outra linguá (inglês), mais isso é só um detalhe, porque todos os comunicadores da TV GLOBO, dominam o inglês, e nem por isso a TV globo não para de tentar diariamente imbecilizar o povo Brasileiro. O que o povo Brasileiro merece é um numero maior de Ricardos Boechart nas rádios e TVs Brasileira. quero ver o autor deste blog comprometido aprovar este meu comentário.

Anônimo disse...

Como um pessoa norma pode achar que o jornalista Ricardo Boechat da Band News FM, não esta preparado para ser o ancora da rádio. Pra quem não sabe, Boechat é o jornalista mais premiado hoje no Brasil. Ricardo Boechat é de fato o único que fala o que vem na cabeça... Boechat não esta comprometido com políticos safados, quando ele chama um político ou um policial de idiota, um diretor de hospital, um funcionário publico, sei lá... qualquer um que pratique ações idiotas, é porque de fato é um idiota, veja o caso do Amarildo, o caso daquela menina que morreu no Salgado Filho por falta de um medico cirurgião, que faltou ao seu plantão, as quadrilhas dentro da maquina do estado e prefeitura. Em São Paulo, a PM fecha a entrado de um túnel, provocando um enorme engarrafamento,e outras mazelas, das pessoas que acham que pode tudo neste Brasil, acho que o Ricardo Boechat show de bola. é a segunda vez que escrevo neste blog vendido... quero ver este comentário aprovado e publicado, meu nome é Paulo Luciano.

Dennis Guerra disse...

Quero fazer menção apenas aos comentários imediatamente acima: este blog não é vendido e não faz questão de encobrir erros (muito menos a encobrir erros da Polícia Militar). O editor deste blog também não é PM ou 'similar'. Concordo que as polícias no Brasil nunca estiveram 'realmente' preparadas para atender a população, até mesmo porque ter uma Constituição Cidadã é 'relativamente' recente em nossa história. Tão recente que até o próprio cidadão ainda não a compreendeu. O que ocorre dentro das polícias é um reflexo de nossa própria sociedade: você costuma parar o seu veículo em fila dupla? Cede o seu lugar em um coletivo lotado aos idosos? Já furou fila alguma vez em sua vida? Dividiu o seu pão-na-chapa com alguém que lhe disse estar com fome? Devolveu aqueles cinco centavos a mais que veio no troco errado passado na padaria? Pediu desculpas ao esbarrar em alguém na rua quando corria atrasado para o trabalho? Nunca vez uma conversão proibida ou dirigiu falando ao celular? Paulo, você poderia até afirmar que isto em nada tem relacionado ao fato de ‘ser cidadão’... e então vai reafirmar o que eu disse acima. Muito obrigado!

 
..
My Great Web page