27 setembro 2013

Guardas são apedrejados por cúmplices de ladrão, no Centro do Rio de Janeiro


27/09/13 - Volta e meia se diz que os guardas municipais, com raras exceções, não fazem nada. Só que dessa vez a iniciativa de um grupo, que tentou prender um ladrão de celular, não deu bom resultado. Os guardas acabaram cercados por 15 pessoas, entre adultos e menores de idade, que começaram a apedrejar os agentes da prefeitura, hoje à tarde, no Centro, próximo à Central do Brasil. Um deles, o guarda municipal José Luís Gomes Sodré, de 37 anos (na foto), foi atingido na cabeça por uma pedrada. Ele levou cinco pontos na cabeça.


Sodré e mais quatro guardas tentavam prender o ladrão que acabara de roubar o celular de uma mulher. Ao se aproximarem, foram cercados pelos cúmplices do ladrão que, segundo aGuarda Municipal, aparentavam estar drogas.


O reforço da GM-Rio foi acionado e cerca de 20 pessoas foram conduzidos para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). O detalhe é que o episódio ocorreu perto da Central do Brasil, onde fica uma delegacia de polícia e a sede da Secretaria estadual de Segurança Pública. Já não se respeita mais a polícia como antigamente.

0 COMENTÁRIOS DOS VISITANTES::

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.