BIZU: Você pode estar vendendo Peixe-Podre!

21/09/13 - Por Dennis Guerra: Fenômeno conhecido em muitas corporações policiais, o BIZU - também conhecido em outras organizações como Rádio-peão - Segundo especialistas ouvidos pelo UOL  "... a circulação de boatos pode desmotivar a equipe, baixar a produtividade, prejudicar a retenção de talentos e até mesmo ultrapassar as paredes 




da empresa e manchar sua imagem no mercado..." E ainda:

"... De acordo com o consultor de recursos humanos do Sebrae-SP (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) Fabiano Nagamatsu, a rádio-peão é fruto da curiosidade humana. Há duas formas para os boatos nascerem em uma empresa: má fé de um colaborador ou falha na comunicação interna. A primeira, na maioria das vezes, pode ser resolvida com facilidade. A segunda, no entanto, mostra ao empreendedor que é preciso melhorar a estratégia de comunicação com seus funcionários. Estabelecer um diálogo claro e objetivo com os colaboradores é um passo importante. Deixar evidente o que se espera deles, para onde a empresa vai e reconhecer acertos é uma forma de fortalecer a comunicação..." Saiba maiclicando aqui!






















Existe um ditado que afirma: Onde há fumaça, há fogo. Porém, existe outro que cria um contra-ponto: Peixe morre pela boca. Deveríamos nos basear em outro que traz um equilíbrio entre esses dois? Deus nos deu uma boca e dois ouvidos... então falar menos e ouvir mais deve ser a grande sacada.

E atenção: você pode estar passando o peixe podre que te venderam... cuidado!

Fonte de pesquisa: UOL Economia


Dennis Guerra: Doze anos na Guarda Civil Metropolitana - Dez anos na função de Motociclista; Cursando Gestão Específica. Cursos SENASP: Violência, Criminalidade e Prevenção; Capacitação em Educação para o Trânsito; Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial e Uso diferenciado da Força. Outros: Táticas Operacionais Defensivas - CFSU; Escolta e Batedor com Motocicletas - PRF; Pilotagem Segura com Motocicletas CET; Pilotagem Defensiva Honda Indaiatuba Curso de Educador - CFSU




Apoio:



Gostou desta postagem? Compartilhe com os seus amigos em suas redes sociais
e ajude-nos a divulgar o nosso trabalho!




Permitida a reprodução se feita na íntegra e citada a fonte original


Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra