Subcomandante da Guarda Civil de Mairinque (SP) e mulher são mortos

10/08/13 - Encaminhado por Jorge Costa: O subcomandante da Guarda Civil, Laércio de Souza Lanes (42), e sua mulher, Lindalva Lanes, foram mortos a tiros na noite desta sexta-feira (9) dentro de casa no bairro Jardim Vitória, em Mairinque, município a 71 km de São Paulo. O filho do casal, de 9 anos, também foi atingido e está internado em estado grave no Hospital Regional de Sorocaba, que não quis comentar sobre




o estado de saúde atual do menino. A casa do oficial foi invadida por volta das 20h. Os suspeitos renderam, mataram as vítimas e levaram os dois carros do casal. Segundo a Polícia Militar, o subcomandante levou um tiro no rosto e a esposa foi baleada no queixo. A criança teria sido atingida na cabeça. A Polícia Civil de Mairinque disse que não pode falar ainda sobre a linha de investigação do caso.


De acordo com a Guarda Civil, os suspeitos fugiram com armamentos do subcomandante. Um dos veículos foi encontrado queimado duas horas após o crime, no município. Não há informações sobre os autores dos disparos.
Subcomandante da Guarda Civil de Mairinque (SP) e esposa são mortos a tiros. Dois carros da família foram roubados e um foi encontrado queimado horas depois do crime. Avener Prado/Folhapress

Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra