11 maio 2013

Jânio Quadros: "Nádegas indevidas sentaram aqui"


De certo, sou uma pessoa ávida por leitura. Dentre os meus estilos preferidos estão as biografias, já tendo lido algumas como Cassimiro Montenegro, Mandela e até mesmo Ozzy Osbourne. Certa vez perdi a oportunidade de adquirir a biografia de Jânio da Silva Quadros e me arrependo demais


VEJA TAMBÉM: Parque Ibirapuera zera furtos de bicicletas no mês de abril


Guarda Civil Metropolitana no 186° Aniversário do Bairro de Parelheiros - Zona Sul de São Paulo


por essa lacuna em minha pequena coleção: até hoje não tive outra oportunidade de encontrar esse livro. Essa semana, no Parque Ibirapuera, aprendi um pouco mais sobre a história da Cidade de São Paulo. Dias atrás, havia descoberto, através de meus colegas Vieira e Regonha, que o atual Museu AfroBrasil já foi um dia a prefeitura, perdendo essa função à época da Prefeita Luiza Erundina.



Não me envergonharia de não saber disso até então e sim se deixasse passar em branco a devida importância do tema neste site. E ainda: foi através do meu colega Araújo que tomei conhecimento de outro fato, sendo um dos mais marcantes da história política da cidade. Veja o texto abaixo:



Nádegas indevidas:

Por Campos Silva

“Na véspera da eleição de 1985 para Prefeitura de São Paulo, as pesquisas (IBOPE e DATAFOLHA) apontavam que Fernando Henrique Cardoso seria o candidato vitorioso, propagava-se o voto útil dos eleitores do Suplicy, que acabou não ocorrendo. 

Abaixo: FHC sentado na cadeira do então prefeito Mário Covas

FHC já se declarava o vencedor e para reforçar sua tese ele posou para uma foto sentado na cadeira de prefeito de São Paulo. FHC era senador (eleito como suplente de Franco Montoro) apareceu nos jornais como se ele já fosse o prefeito de São Paulo e acabou perdendo a cadeira para Jânio Quadros. O resultado final daquela histórica eleição foi: Jânio Quadros ficou com 39,3%





dos votos válidos contra 35,3% de FHC; Suplicy terminou a disputa com 20,7% dos votos válidos. Jânio Quadros, quando tomou posse, lavou o assento da cadeira com detergente e antes de sentar disse: ‘Nádegas indevidas sentaram aqui’.


Primeira entrevista após a eleição:

Jânio Quadros recém-empossado Prefeito de São Paulo, após derrotar Fernando Henrique nas urnas, abre pela primeira vez seu gabinete à imprensa.






Em 1985 eu tinha 10 anos de idade e me lembro - em parte - das eleições daquele ano. É interessante perceber como fatos tão distantes acabam fazendo parte (de uma maneira ou outra) de nossas vidas.

Jânio Quadros foi uma figura importante não apenas para a história política do país: ele também foi um figura, de certa maneira folclórica, para muitas pessoas de minha geração.


Fontes de pesquisa em 10/05/2013 às 13:35h:







Fotos 1 e 2: Dennis Guerra - Foto FHC/fonte: Campos e Silva




Apoio:




Gostou desta postagem? Compartilhe com os seus amigos em suas redes sociais e ajude-nos a divulgar o nosso trabalho!

Um comentário:

  1. Excelente texto. Como é bom conhecer um pouco da história da nossa cidade e de como a prepotência de certos políticos vem de tempos. Parabéns...

    ResponderExcluir

Constituição Federal:
Art. 5º / inciso IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vetado o anonimato;

O seu comentário é uma ferramenta importante para o aprimoramento deste site, porém, deverá seguir algumas regras:

1 - Fica vetado o anonimato;
2 - O comentário deverá ter relação com o assunto em questão.
3 - Não serão aceitos comentários que denigram o nome/imagem de quaisquer instituições ou de seus integrantes.
4 - Comentários inapropriados serão retirados pelo editor do site sem prévio aviso.

OBS.: Verificar Página Termos de Uso - Ao enviar o seu comentário, fica confirmado ter conhecimento da política de uso deste site.