A Análise SWOT aplicada à entrevista com Secretário Edsom Ortega

16/10/12 - Por Dennis Guerra e Adriano Duarte Para elucidar como a aplicação de tal análise se dá, nada mais justo e ético do que utilizá-la em um trabalho que, no mínimo, teve a sua participação. Para isso, será utilizada a matéria  Confraria de Notícias entrevista o Secretário Edsom Ortega

Ao discutir sobre a proposta com o meu colega Adriano Duarte, ficou acertado que para o nosso crescimento profissional isso seria fundamental. E apresentar o resultado ao nosso público é mais uma maneira de (...)


tentar contribuir com a divulgação de informações, além de dividir a experiência e sanar algumas curiosidades que surgiram por parte dos visitantes.

Também conhecida como FOFA: Pontos Fortes, Pontos Fracos, Oportunidades e Ameaças. Esta é uma ferramenta básica de administração, que pode ser utilizada por qualquer pessoa ou organização.

Pontos Fortes/Fracos: Inicialmente, é preciso entender que Pontos Fortes e Fracos (qualidade e defeitos) estão dentro da pessoa/organização, ou seja, dependem apenas de você mesmo para serem aperfeiçoados ou eliminados.

Oportunidades/Ameaças: Oportunidades são objetivos traçados ou qualquer ponto positivo alcançado. Ameaças são as barreiras que impossibilitam você (organização) de alcançar os objetivos. Estão no ambiente e independem de sua vontade.


Veja o quadro abaixo:





Pontos Fortes: Quando consideramos que a iniciativa, a tranquilidade e a postura durante a entrevista com o secretário são os pontos fortes, podemos avaliar a importância do momento (pelo menos para nós) e que o objetivo almejado por tanto tempo (e, sinceramente, não acreditávamos que ocorreria) foi alcançado.

Pontos Fracos: Mais importante do que analisar os seus pontos fortes, é fazê-lo com os fracos. Por mais que se tenha iniciativa, a experiência é algo fundamental. Poucas inserções nas respostas do entrevistado e não ter considerado a possibilidade de anotações foram vistas (por nós) como os principais pontos a serem revistos. Entrevistar uma pessoa que está acostumada a ceder entrevistas aos grandes meios de comunicação não é tarefa fácil, considerando ainda que os equipamentos não sendo os mais apropriados, comprovaram ser uma ameaça (veja adiante)

Oportunidades: Como comentado anteriormente, essa entrevista foi um objetivo traçado durante o ano de 2012. Só isso já bastaria para ser vista como oportunidade. Mas podemos ir além:

1 - Quando o gestor público aceita conceder uma entrevista a um blog (neste caso, um trabalho em conjunto), ele reconhece, pela sua simples presença, tais meios de comunicação como válidos, sendo reconhecidos até mesmo pelo poder público.

2 - Por mais que a imparcialidade nos blogs fosse reafirmada, não conseguíamos comprová-la por não ter acesso a outros candidatos à prefeitura de São Paulo, a não ser o senhor Russomanno que era o único a nos receber. Com a presença de uma figura pública notoriamente próxima a determinado candidato, comprova-se a imparcialidade dos blogs.

3 - O mais importante de tudo: quando um gestor, no fim de sua gestão (porém, com possibilidades de continuar no governo) aceita ser entrevistado por blogs, ele abre um precedente muito importante de, no futuro, o próximo gestor (ou ele mesmo) aceitar conceder outras entrevistas. Sendo assim, já podemos considerar que um dos objetivos para 2013 já foi alcançado.

Ameaças:  Iniciar nessa modalidade (entrevistas em vídeo) com uma pessoa polêmica como o Secretário Edsom Ortega pode ser considerado uma ameaça se considerar-mos a grande possibilidade de avaliação do resultado como negativo por nosso público. A começar pelo tempo de preparação das perguntas, que viraram parte da madrugada entre os entrevistadores e colaboradores dos blogs (por e-mail). Durante a entrevista, falhas no equipamento de filmagem e a grande preocupação em não perder material tão importante foram pontos fundamentais. O próprio senhor Ortega gentilmente nos cedeu o seu aparelho celular para registrar a entrevista (pode-se ver durante a entrevista quando o secretário verifica se o seu aparelho está filmando). Graças a presença no local da colega Yane, que registrou o material em seu celular, podemos dividir o conteúdo com os visitantes dos blogs. Outro fator que não foi transcrito na tabela acima, mas que deve ser tratado é o prazo de tempo reduzido para realizar a entrevista.

E para finalizar: Quanto à elaboração de perguntas, era importante tentar focar nos assuntos da maneira mais abrangente possível. É importante destacar que, apesar da pauta de perguntas ter sido apresentada ao entrevistado, ele foi enfático ao dizer que isso 'não se fazia necessário', não fazendo restrições a qualquer pergunta.

A observação feita sobre a entrevista foi uma maneira de rever a Análise SWOT de uma forma mais clara e objetiva, o que serviu também para responder algumas perguntas recorrentes dos visitantes. Esperamos que tenha ajudado.

Em tempo: Confraria de Notícias entrevista Secretário SMSU Roberto Porto - Entrevista na íntegra!


Fontes originais:   O Cão De Guarda Notícias Blog do GCM Duarte


Apoio:



Gostou desta postagem? Compartilhe com os seus amigos em suas redes sociais
e ajude-nos a divulgar o nosso trabalho!




Compartilhe:

2 comentários:

  1. Achei excelente, sou estudante de administração, estou no primeiro semestre, e precisava entender mais sobre o swot, saber onde e como ele pode ser usado, fico muito agradecido, parabéns pelo trabalho de vocês.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado Alexandre. Seja sempre bem-vindo e colabore conosco enviando outros textos, artigos ou o que acreditar ser necessário. O seu comentário é tão valoroso para nós que você nem pode imaginar. Abraços!

    ResponderExcluir

Olá, seja bem-vindo! Faça o seu comentário com responsabilidade. Muito obrigado!

Por Dennis Guerra