Dia do Exército | A imagem que marcou a semana e uma lição para todos

19/04/19 - "Por que Bolsonaro tomou chuva hoje? Tomar chuva juntamente com a sua tropa é um símbolo que somente militares são capazes de entender, sem necessidade de qualquer palavra! É desconfortável e aparentemente desnecessário. Mas militares cultuam a resistência, persistência, tranquilidade, simplicidade, superação de dificuldades e muitos outros valores.


O líder máximo da nação se iguala ao de menor graduação num exercício de disciplina. "Estarmos todos no mesmo barco" é um exemplo de liderança silenciosa compreensível a todos que, passam pela situação conjuntamente com os outros. Mesmo que a compreensão se dê apenas inconscientemente, há a sensação de que se houver chuva ou outra intempérie ou dificuldade, continuaremos juntos. É uma tradição aprendida e valorizada por quem passa por situações de perigo e extrema turbulência e aprende a reconhecer o grupo, a camaradagem, a interdependência, o espírito de corpo. Foi um enorme símbolo de simplicidade que Bolsonaro deu ao seu povo que tem perdido tradições milenares que jamais deveriam ser esquecidas. Tal gesto foi ignorado e desprezado por jornalistas que estão completamente desviados do caminho dessas tradições que em nada atrapalham a evolução moderna, mas ao contrário, adicionam muito conteúdo a pessoas que cada vez mais estão vazias e afastadas de sua verdadeira natureza"! Fonte: Autor desconhecido - Facebook.

Dia do Exército Brasileiro - 19 de abril - ORDEM DO DIA

BRAÇO FORTE, MÃO AMIGA! É assim, fundamentado nessas duas simples expressões, que o Exército Brasileiro, ao longo dos seus 371 anos de existência, tem buscado pautar suas ações para defender a nossa Nação e garantir os poderes legalmente constituídos em nossa Carta Magna e o império da lei e da ordem.

BRAÇO FORTE, ao derrotar, no dia 19 de abril de 1648, o invasor estrangeiro nas férteis terras nordestinas, momento épico em que negros, brancos, índios e mestiços, irmanados e ombreados, sob o comando dos “Heróis da Pátria”, imortalizaram Guararapes como o berço da nossa nacionalidade.

MÃO AMIGA, quando ao final da Revolução Farroupilha, o Duque de Caxias, herói nacional e Patrono do Exército Brasileiro, garantiu a liberdade a todos os cativos farrapos, incorporando nas unidades do Exército Imperial todos os negros libertos, com especial destaque para os ex-integrantes da brava “Legião de Lanceiros Negros”. Caxias, homem à frente de seu tempo, era conciliador e cultuava os princípios de igualdade e fraternidade.

BRAÇO FORTE, ao reagir, intransigentemente, às tentativas de fragmentação do território e da unidade nacional, durante as revoltas internas e a guerra de independência, bem como às investidas de ideologias totalitárias. Graças ao Exército do passado, podemos, hoje, dispor de vasta extensão territorial e de imensos recursos naturais, esteios de um país rico e próspero.

MÃO AMIGA, ao emprestar aos aliados feridos nas duas grandes Guerras Mundiais a competência e a sensibilidade da mulher brasileira, representadas pelas enfermeiras do Exército que serviram nessas contendas. Hoje, nossas militares, discípulas de Maria Quitéria, heroína da independência, constituem parcela indispensável da dimensão humana da nossa Força, em absoluta igualdade de direitos e deveres no seio da instituição.

BRAÇO FORTE, além-fronteiras, ao vencer as Campanhas do Prata; ao combater em solo italiano durante a 2ª Guerra Mundial, para restabelecer a paz e a liberdade; e ao participar dos esforços para a manutenção da paz em diversos países, em especial para a estabilização do Haiti, por mais de uma década. A esses soldados brasileiros, reputamos a confiança e o prestígio com que o Exército de Caxias é distinguido no cenário internacional.

MÃO AMIGA, ao coordenar e apoiar, entre outras operações de caráter subsidiário, a Operação Pipa, que distribui, emergencialmente, há quase 20 anos, água potável a mais de 4 milhões de cidadãos brasileiros, moradores de quase 900 municípios afetados pela seca, contribuindo, assim, para que o Estado brasileiro possa cumprir a função social para a qual é estabelecido.

BRAÇO FORTE, ao manter homens e mulheres em permanente estado de prontidão, aptos e capacitados a defender a Pátria, até mesmo com o sacrifício da própria vida. A Força Terrestre, a despeito da carência de meios adequados, do descompasso salarial com outras carreiras de Estado e dos recursos orçamentários, invariavelmente abaixo das necessidades, mantém seu papel de defesa da sociedade contra as ameaças internas e externas.

MÃO AMIGA, ao planejar e executar a operação de grande complexidade conhecida como Força-Tarefa Logística Humanitária em Roraima. Com o apoio da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira, nossas Forças coirmãs, e de outros órgãos, agências e organizações não governamentais, a Operação Acolhida tem trazido estabilidade à região de fronteira e, acima de tudo, atendimento digno, humano e profissional aos imigrantes venezuelanos que buscam abrigo em nosso território.

A cada celebração em que comemoramos mais um ano de existência é imprescindível olhar para trás, em reflexão ao que já foi realizado, na busca das lições aprendidas e da melhoria contínua.

É nesse sentido que o seu EXÉRCITO, o BRAÇO FORTE e a MÃO AMIGA de ontem, de hoje e de sempre, tem procurado estar alinhado aos anseios da sociedade, aos valores da nossa nacionalidade e à grandiosidade do futuro da nossa Nação.

Àqueles que não percebem a relevância dessa trajetória, e que hoje tentam macular a imagem e a coesão do invencível Exército de Caxias, responderemos com mais trabalho, dedicação, transparência, gestão eficiente dos recursos públicos e com uma conduta exemplar, sempre amparada nos parâmetros legais.

Brasileiros! Estejam certos de que vocês, homens e mulheres que nos confiam os mais altos índices de credibilidade institucional, são a força que guia o nosso braço e a brandura que orienta a nossa mão.

BRASIL ACIMA DE TUDO!

General de Exército Edson Leal Pujol / Comandante do Exército

Compartilhe:

Ameaças ao senador Marcos do Val são a maior confirmação da eficácia do Projeto Anticrime do Ministro Sérgio Moro

19/04/19 - A maior confirmação sobre a eficácia do projeto Anticrime do Ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro são as ameaças - As suspeitas são de que as ameaças partem de grupos ligados a organizações criminosas - sofridas pelo relator do projeto no Senado, Marcos do Val e sua família. E parece que as ameaças estão ficando cada vez mais sérias.


Relator do pacote anticrime de Moro sofre ameaça de morte

O senador Marcos do Val (PPS-ES), relator do pacote anticrime proposto pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, no Senado, recebeu nesta quinta-feira, 18, ameaças de morte enviadas para o seu email, com cópia para o Ministério da Justiça. A pessoa que postou tinha conhecimento que a polícia está montando um grupo especial para fazer escolta a ele e à sua família.

Um dado que surpreendeu o senador, já que não era ainda de conhecimento público. A partir daí, houve a ameaça.


O email tem como título Consultoria: escolta pessoal armada e atiradores de elite. Diz o texto: Vossa Excelência, como instrutor, consultor e palestrante de diversas agências de aplicação da lei e fundador do curso CATI (Curso de Operações Táticas), possui amplos conhecimentos sobre SEGURANÇA PÚBLICA E SEGURANÇA PESSOAL. Poderia me dizer se escolta pessoal é eficaz contra ATIRADORES DE ELITE? Pois é isto que vamos usar contra Vossa Excelência e sua família caso o Pacote anticrime do SENHOR SÉRGIO MORO seja votado.


O texto segue mais adiante dizendo: Nada vai salvar você e sua família e a PF já te disse que não há como nos prender nem sequer nos identificar. Como Vossa Excelência tem disso por aí, somos profissionais e não amadores. A ameaça menciona também Allan Lopes dos Santos, dono de um blog, Terça Livre, identificado como favorável ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Este imbecil do ALLAN LOPES DOS SANTOS também está na nossa lista. Em breve,a esposa dele vai receber uma bela visita.

Neste momento, o senador está reunido em sua casa com policiais. As suspeitas são de que as ameaças partem de grupos ligados a organizações criminosas, como o PCC. Fonte: IstoÉ.

Compartilhe:

União dos Policiais do Brasil | Reunião com ministro Santos Cruz para tratar sobre a reforma da Previdência

19/04/19 - Representantes das entidades que compõe a União dos Policiais do Brasil estiveram reunidos, na tarde desta quinta-feira (18), no Palácio da Alvorada, com o Ministro da Secretaria de Governo, o General Carlos Alberto dos Santos Cruz, para tratar da reforma da Previdência dos servidores da segurança pública. A reunião contou com a presença do líder do Governo na Câmara dos Deputados, Major Vitor Hugo (PSL-GO), e com o deputado federal e vice líder do governo na Câmara José Medeiros (PODE-MT).


Os membros da UPB apresentaram suas demandas sobre o atual texto da reforma, que tira algumas garantias constitucionais que prejudicam sobremaneira os servidores civis da segurança pública.

Pontuaram que o regime atual da previdência traz um tratamento similar entre as forças de segurança, sejam civis ou militares. Essa similaridade é fática, em razão das peculiaridades das atividades desenvolvidas por esses servidores, e está sendo quebrada.

Com experiência na área de segurança pública, como Secretário Nacional de Segurança Pública, o Ministro Santos Cruz sempre adotou uma política de defesa dos servidores policiais.

“Esse é um assunto que eu já conheço. Vamos pontuar todas as questões em um relatório que será encaminhado ao Paulo Guedes (ministro da Economia), ao Sérgio Moro (ministro da Justiça) e ao presidente, para que possa ser estudado intensamente”, se comprometeu o Ministro ao final da reunião. Fonte: UGOPOCI.


Compartilhe:

Crianças carentes recebem doação de ovos de Páscoa de guardas municipais - MS

18/04/19 - Na tarde desta quinta-feira (18), Guardas Civis Metropolitanos em parceria com a Associação Amor pela Vida, fazem a alegria da criançada com a entrega de 200 ovos de Páscoa para crianças carentes nos bairros Jardim Presidente e Campo Verde na Favela do Mandela, na região do Segredo em Campo Grande.


Para tornar o dia ainda mais especial, três viaturas da Guarda Civil Metropolitana participam da ação solidária, onde as crianças podem entrar na viatura, tirar fotos e tocar a sirene.



Quem também participa das ações sãos os dois cachorros da GPI (Grupo de Pronta Intervenção), Czar, o Samoiedo, e Kaio, o Golden Retriever, que estarão no local para fazer a alegria da criançada juntamente com a Base do Segredo.

A carreata solidária passa por dois locais no bairro, conforme informou Júlia Leite, presidente da associação, um dos locais é a igreja evangélica Graça e Fé e o Centro Comunitário. “As pessoas do bairro nos procuram e depois fazemos um levantamento da quantidade de crianças de cada bairro. Procuramos atender sempre um bairro diferente”, explica ela que conta ainda que já fez trabalho semelhante no ano passado no Bairro Indubrasil. Fonte: Midiamax.

Compartilhe: